sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Ukulele no novo desenho da Disney



Em 2004 a Disney anunciou que não faria mais animações em 2D, isso após a compra da Pixar. No entanto após as declarações de John Lasseter de que ele queria voltar as animações tradicionais a Disney se rendeu com o lançamento de A princesa e o sapo.  Ambientada na Nova Orleans dos anos 20, conta a história de Tiana (Anika Noni Rose), que desde criança ela sonha em ter um restaurante próprio, o que faz com que tenha dois empregos e junte o máximo de dinheiro possível. Para conseguir a quantia necessária para que possa enfim alugar o imóvel de seus sonhos, ela aceita trabalhar na festa realizada por Charlotte LaBouff (Jennifer Cody), sua amiga de infância. Charlotte deseja conquistar o príncipe Naveen (o brasileiro Bruno Campos), que acaba de chegar à cidade. Entretanto, um incidente faz com que Tiana troque de roupa e, no quarto de Charlotte, use um de seus vestidos. É quando surge um sapo, anunciando ser um príncipe e pedindo a Tiana que lhe conceda um beijo, para que o feitiço nele aplicado seja quebrado. De início Tiana acha a ideia repugnante, mas aceita ao receber a promessa do príncipe de que conseguirá para ela a quantia necessária para concretizar o aluguel. Só que, ao beijá-lo, ao invés dele se tornar humano novamente, é Tiana quem se transforma em sapo. O mais interessante é que o Príncipe Naveen  é um uke player que leva a vida na boa com seu ukulele e pela primeira vez o intrumento é representado graficamente com a cara do instrumento, e chamado pelo nome correto.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Procura-se Uke Player





Aos músicos de plantão. A Mariana da Mac Criação e Produção, procura artista que toque ukulele para uma apresentação em uma convenção. Os interessados podem entrar em contato pelo email mariana@macproducao.com.br.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Love Life Ukulele Edição Especial




Após retornar de sua mini turnê em Nova Iorque, Sophie Madeleine acaba de lançar uma edição especial limitada a 500 unidades de seu álbum Love Life Ukulele. O LP em vinil colorido custa a bagatela de US$30 e quem adquirir ainda pode fazer o download das músicas no formato que preferir, quem já comprou o disco virtual tem um desconto de 15% na compra do LP. O disco ainda conta com um bônus track, a música "I´m sorry, but I´m afraid I love you".

Para quem ainda não conhece, pode ouvir as canções aqui:

<a href="http://sophiemadeleine.bandcamp.com/album/love-life-ukulele">Take Your Love With Me (The Ukulele Song) by Sophie Madeleine</a>

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Artistas brasileiros que tocam ukulele: Transmissor

Banda de Belo Horizonte-MG, a Transmissor prima pelos belos arranjos. No vídeo oficial da musica Primeiro de Agosto, vocês podem ver o ukulele em ação. Veja o que a imprensa mineira fala sobre eles.

"O transmissor é uma das melhores novidades do pop mineiro. O grupo encabeça um movimento de renovaçao musical no estado, que aposta em apresentaçoes conjuntas e divulgaçao na internet. O LP de estréia foi disco da semana no myspace. O som vai do indie-rock a bossa-nova. Com versos simples e som melancólico, Primeiro de agosto é uma perola da nova música brasileira."

Rodrigo Ortega (Jornal do Brasil)


quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Um português no mundo do ukulele.




Adriano Raposo é o responsável pela Loja Ukefixe de Portugal, a primeira especializada em ukuleles e seus acessórios na terra do fado. Em breve contato com nosso amigo, descobrimos uma pessoa muito gentil e comprometida com seus ideais. Pedimos que ele nos contasse um pouco de sua história.

Adriano: Em Junho de 2009  fui pai de uma linda menina - concebida após a viagem que eu e a minha mulher fizemos ao vosso país no ano de 2008, mais concretamente ao Arraial d'Ajuda no estado da Bahia. Em Portugal, como estamos no hemisfério norte, é normal as pessoas terem férias de Verão em Agosto, e eu não sou excepção, mas este ano com uma bebé tão pequenina era completamente impossível viajar ou ir uns dias até à praia. Assim, decidi ocupar os dias que ia estar em casa com algo diferente e divertido. Como toco guitarra desde os 13 anos, e nestes últimos anos tenho tocado pouco, pensei dedicar algum tempo á guitarra, mas a motivação não era muita, precisava algo novo e diferente. Virei então as atenções para o baixo eléctrico, mas tinha vários inconvenientes, era caro, grande, pesado, demasiado ruidoso para uma casa com um bebé a dormir (ainda que pudesse tocar com headphones) e sobretudo não tinha muita graça tocar sozinho. Por curiosidade cliquei na secção "ukuleles" da loja onde andava à procura do baixo, daí até abrir a janela do YouTube em busca de vídeos de ukuleles não passou um minuto. Comecei a perceber que havia milhões de vídeos e outros tantos milhões de uke players um pouco por todo o mundo. Além disso, parecia simples (havia muitas crianças a tocar) tinha um timbre muito agradável e acompanhava lindamente canções ou outro instrumentos simples como a melódica. Estava decidido, como era barato não arriscava muito dinheiro, queria um ukulele. Para justificar o custos dos portes do estrangeiro comprei também uma melódica. Poucos dias depois recebi então o meu ukulele e fiquei maravilhado. Era tão pequeno, tão leve e tão simples e ao mesmo tempo tão completo e versátil. No próprio dia já tocava imensas canções e a evolução foi tão rápida que não tardou a aparecer a vontade e a necessidade de comprar um ukulele melhor. O problema é que as lojas de instrumentos musicais em Portugal não tinham ukuleles e muito menos existiam lojas especializadas. Procurei em lojas um pouco por toda a Europa, mas além de as maiores lojas não terem as melhores marcas de ukuleles, as que tinham implicavam custos com portes muito altos. Isso fez-me pensar que talvez houvesse espaço em Portugal para uma loja especializada em ukuleles. Não perdi tempo, comecei a contactar todos os principais fabricantes mundiais de ukuleles a perguntar se estavam interessados em ter um importador representante em Portugal. Obviamente, não estava à espera que obter respostas, mas quando começaram a surgir respostas positivas fiquei bastante surpreendido porque todas que diziam que não tinham nenhum representante em Portugal. Comecei então a fazer contas e decidi investir algum tempo e dinheiro na criação da UKEFIXE. Um mês depois a loja estava on-line e tinha os primeiros ukuleles em armazém, bastava esperar pelas encomendas. Quando surgiu a primeira encomenda nem queria acreditar, depois a segunda, a terceira, e por aí fora. Comecei também a receber contactos do Brasil de pessoas interessadas em comprar um ukulele. Inicialmente tinhamos pensado ter como mercado apenas Portugal, mas não podiamos deixar tantos brasileiros sem resposta, decidimos então procurar o melhor preço para enviar ukuleles para o Brasil a custos razoáveis. Neste momento a loja ainda está muito no princípio, mas estou confiante que muito em breve a loja vai começar a ser uma referência na comunidade ligada ao ukulele em Portugal e (porque não?) também no Brasil. Além da loja, mantenho também um blog em português (Ukulele PT) onde tento fazer um pouco de divulgação do ukulele. Finalmente, quero dizer-vos que experimentem o ukulele, não vão querer outra coisa, acreditem. E se precisarem de algo de mim ou da UKEFIXE - um conselho, uma opinião, uma ajuda - podem contactar-nos através no nosso site, não deixamos ninguém sem resposta. Desejo tudo de bom para os meus amigos brasileiros e para o vosso país maravilhoso!

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Artistas brasileiros que tocam ukulele: Marisa Monte

A grande diva da música brasileira também toca ukulele. Aproveitem.


Artistas brasileiros que tocam ukulele: Supla

Para inaugurar esse série, apresentamos  Supla com a música Hawaii, gravada em 2004.  Segundo a lenda, Supla quase levou um pau dos irmãos da garota que aparece no clipe.


segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Quer ganhar um Ukulele?



Quem estiver interessado em ganhar um ukulele, agora tem duas oportunidades, uma é enviando o vídeo para o Ukulele Brasil Video Contest, a outra é participando do concurso patrocinado pela Ukefixe de Portugal.  Veja o anúncio como publicado  originalmente no site ukefixe.

A UKEFIXE.COM está a oferecer um ukulele!


Queres ganhar um ukulele Kala completamente à pala?
É muito simples:

1) Cria uma frase original com as palavras Ukefixe, ukulele e Portugal.
2) Põe um chapéu giro e uns óculos de sol e grava-te em vídeo a declamar a tua frase.
3) Publica o vídeo no YouTube e divulga-o nas tuas redes sociais (Twitter, Facebook, MySpace).
4) Envia o endereço do teu vídeo, o teu nome e contacto para passatempos@ukefixe.com

- Serão tidos em conta os vídeos que nos sejam enviados até 31 de Janeiro de 2010.
- No caso de ruptura de stock o ukulele será substituído por outro modelo.
- O vencedor será escolhido tendo em conta a criatividade da frase e do vídeo.
- O número de visualizações e os comentários podem ser usados para efeitos de desempate.
- O nome do vencedor será anunciado no Twitter em http://twitter.com/ukefixe.
- O vencedor não terá de pagar portes de envio que estarão incluídos na oferta.
- Se o vencedor estiver fora de Portugal terá os portes de envio por sua conta. (acho que isso quer dizer que qualquer um de qualquer parte do mundo pode participar).

Boa sorte!

sábado, 16 de janeiro de 2010

Grandes Artistas do Ukulele: Cliff Edwards




É triste mas é verdade. Um dos maiores artistas americanos das décadas de 20 e 30 morreu esquecido. Nascido em 14 de junho de 1895 na cidade de Hannibal, Missouri (foi deste lugar e de seus habitantes que o autor Mark Twain tiraria a inspiração para seus trabalhos mais conhecidos, especialmente "As Aventuras de Tom Sawyer), Cliff Edwards, abandonou a escola aos 14 anos para cantar em bares, mas como a maioria deles só tinha pianos em péssimo estado, resolver aprender a tocar um instrumento, para tocar enquanto cantasse, escolheu o ukulele, isso porque era o mais barato que ele podia comprar. Seu apelido Ukulele Ike, foi dado por um dono de um desses bares que não conseguia lembrar seu nome.  Na década de 20 se tornou um dos cantores mais populares dos Estados Unidos. Em 1928, sua gravação de "I Can't Give You Anything But Love",  atingiu o primeiro lugar nas paradas de sucesso. Em 1929 chamou a atenção do produtor cinematográfico Irving Thalberg, e foi contratado para fazer algumas participações nos recentes filmes sonoros. Após algumas pequenas participações, estrelou o filme Hollywood Revue of 1929. Entre 1929 e 1933 apareceu em um total de 33 filmes da MGM. Em 1940 fez o seu filme mais famoso, Pinocchio da Disney, no qual ele foi a voz do Grilo Falante e a voz do tema When You Wish Upon a Star. Mais do que qualquer outro, Edwards foi o grande responsável pela popularidade do ukulele nos anos 20. Milhões de ukes foram vendidos durante a década, e a Tin Pan Alley editores acrescentou acordes de ukulele as partituras tradicionais. Edwards sempre tocou os ukuleles da Martin, usando o modelo soprano  em seu início de carreira. Em seus últimos anos Edwards mudou para o modelo tenor mais adequado para o  crooning que foi se tornando popular na década de 30. Alcoolátra, morreu esquecido em 17 de julho de 1971. No fim do documetário The Cliff Edwards Story, o narrador comenta: "Todos lembram de sua voz, suas músicas, mas hoje ninguém lembra o seu nome". Lamentável. A falta de memória cultural atinge até mesmo as grandes nações.

Ouça a discografia de Cliff Edwards clicando aqui.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Ukulele Cubista



Esse ukulele é feito pela Pohaku Ukuleles e tem uma cara bem estranha, mas segundo o fabricante seu som é muito bom. Todo em Koa, escala em Ébano e braço em Mogno Hondurenho. Ele pode ser seu pela bagatela de US$1250.


terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Eis os vencedores do Bushman Contest

Pois é, a minha aposta para vencer acabou ficando em segundo lugar.

Vejam os vídeos dos grandes vencedores.


Primeiro lugar:



Segundo lugar:



Terceiro lugar:



Quarto lugar:



Quinto lugar:

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Rachel Goodrich




Essa eu não conhecia. A americana  Rachel Goodrich segue a onda de cantora/compositora que  toca ukulele, além disso ela toca outros instrumentos como kazoo, harmonica, harpa, xylophone, banjo, bandolin e mais um monte de instrumentos estranhos. Ela define seu estilo como  Shake-a-billy. Vejam o vídeo e tirem suas próprias conclusões.



quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Entrevista com Sophie Madeleine



Entrevista exclusiva com Sophie Madeleine


A cantora inglesa Sophie Madeleine se descreve como uma "senhorita velha", que adora curtir um bom chá e um delicioso pedaço de bolo - afinal, ela é britânica. No entanto, basta ver um vídeo de Sophie para descobrir que ela é também uma garota doce, tímida e muito talentosa. "Eu prefiro observar e contemplar do que ser o centro das atenções". Mas é praticamente impossível não se tornar o alvo dos olhos e ouvidos atentos dos viciados em música quando um ukulele  e uma voz doce, porém marcante, são seus instrumentos de trabalho.

E é por essas e outras razões que Sophie é sucesso no MySpace e Youtube: com doses de criatividade e originalidade, a cantora de 26 anos - que há dois aprendeu a arte de tocar o ukulele - descobriu como viver daquilo que mais gosta. "Música é a única coisa que eu quero fazer da vida. Eu não quero ser uma estrela. Quero uma carreira com longevidade, o que significa escrever canções para as outras pessoas e para mim também", revelou. Confira a entrevista exclusiva que Sophie Madeleine concedeu ao ComTatos.

Como você aprendeu a tocar o ukulele?

Eu aprendi a tocar sozinha escutando músicas que gosto. A primeira música que aprendi foi Something, do George Harrison. Eu acho que ela foi composta com um ukulele, então não foi tão difícil de aprender. Eu já tocava violão, então não foi complicado para aprender a tocar o ukulele. Eu pensei "São apenas 4 cordas. Quão difícil isso pode ser?".

Eu li que você ganhou o ukulele do seu namorado. Vocês ainda estão juntos?

É verdade - meu primeiro ukulele foi meu namorado da época que me deu. Mas nós não estamos mais juntos - ele quebrou meu coração. Eu comprei mais dois desde que ele me deu o primeiro. E não toco mais o que ele comprou para mim.

Antes de ganhar o ukulele, você já conhecia o instrumento? Tinha curiosidade para tocar?

Eu nunca tinha tocado um ukulele antes de ter um. Mas, eu já estava querendo aprender a tocar um novo instrumento - eu toco piano e violão também e já estava cansada deles porque tudo que eu compunha parecia soar igual. Eu sempre achei que o ukulele tinha um som suave, então, acho que já tinha a curiosidade.

O que você gosta de ouvir?

Tem muitas músicas que gosto de ouvir. Mas é justo dizer que eu gosto mais das coisas que não são da minha época - eu não escuto muito música contemporânea e é raro eu escutar rádio. Eu gosto de músicas mais velhas, dos grandes compositores do passado. Ella Fitzgerald é minha cantora favorita. Também amo qualquer coisa dos anos 1960 - Beatles, Francoise Hardy, Burt Bacharach, Rolling Stones, The Kinks, Bob Dylan, Joni Mitchel... tem muito mais, eu poderia listar músicas o dia todo...

Um amigo meu me mostrou Heart you online no youtube. Foi como conheci seu trabalho. Qual foi sua primeira música na internet?

Meu primeiro vídeo foi Beardsong/Ode to Beard, que escrevi com a Hannah e logo gravamos I heart you online. Mas eu já tinha outras canções minhas no MySpace.

Como você descreveria sua música?

Eu acho que minhas músicas representam minhas personalidade. Quando você as escuta, você está realmente me escutando, como pessoa. Eu posso até não sentir mais o que a música diz - algumas delas eu escrevi há muito tempo e eu não me sinto mais do jeito que elas descrevem. E algumas das minhas músicas não são baseadas em fatos reais, mas sim na possibilidade desses fatos acontecerem. Algumas são melancólicas, outras são doces. Mas o jeito que componho é uma representação verdadeira do jeito que eu penso.

Qual a diferença entre as suas canções e as canções que você toca com a Hannah?

As canções que eu canto com a Hannah são apenas por diversão. Nós não nos vemos muito, mas quando nos encontramos, nos divertimos o tempo todo e agimos como idiotas. É quando criamos as canções e não nos preocupamos se elas parecem estúpidas. Elas apenas vão saindo e são sempre sobre assuntos que nós duas nos importamos. Quando escrevo as minhas músicas, eu gosto de levar o tempo que for preciso e escrever algo que realmente signifique muito para mim pessoalmente e que outras pessoas possam se identificar.

Muitas pessoas conhecem suas músicas e realmente gostam. Quando você começou a colocar vídeos no youtube e no myspace, você já estava esperando o sucesso ou foi uma surpresa?

Foi uma surpresa completa. Eu não esperava que tantas pessoas se interessariam pela minha música. É maravilhoso como a internet me possibilitou fazer tantos novos amigos e fãs.

Por que você decidiu colocar suas músicas na internet?

Eu coloquei primeiro Beardsong/Ode to Beard no Facebook para animar a Hannah. Ela estava se sentindo um pouco desanimada, então pensei em gravar a música que escrevemos juntas e mandar para ela. Antes disso, colocava minhas músicas no MySpace como uma autopromoção, para que as pessoas pudessem ouvir o que eu faço. Mas não tinha muitos ouvintes porque ninguém me conhecia até então.

Como e quando você percebeu que tinha esse talento para música?

Minha mãe me fez aprender a tocar piano quando eu era criança, e depois eu aprendi a tocar violão. Mas eu não era muito boa em nenhum dos dois. Quando eu era adolescente, tinha alguns problemas, então eu escrevia músicas para tentar expressar minhas emoções. Era muito difícil lidar com elas. Mas, ninguém nunca ouviu minhas primeiras composições - o que é bom, porque eram terríveis. Depois eu decidi que queria estudar música porque era a única coisa que me importava. Na escola, meus tutores me encorajaram e começaram a elogiar o meu trabalho. Eu acho que eles foram os primeiros a ouvir minhas músicas.

O que você faz no seu tempo livre, além de escrever e cantar?

Eu não gosto de levar a vida tão a sério, então adoro dar risada. É o que mais gosto de fazer. Especialmente com amigos - rir sozinho é meio estranho. Eu também adoro comprar muitos cardigans, tenho muitos. E amo comida - às vezes, até demais - no momento, estou obcecada por tortas.


Fonte: www.comtatos.net

Ukulele Cifra - Goody Goody - Sophie Madeleine




"Goody Goody" (composed by Matty Malneck, with lyrics by Johnny Mercer 1936).


G Gdim G

So you met some -one who set you back on your heels

Good -y Good -y!

G Gdim E7

So you met some -one and now you know how it feels

Good -y Good -y!



Am E7 Am Am E7

So you gave her your heart too Just as I gave mine to

Am

you,

A7 D7

And she broke it in lit -tle piec -es, now how do you do.



G Gdim G

So you lie a -wake just sing -in' the blues all night

Good -y Good -y!

G7 C E7 Am

So you think that love's a bar -rel of dy -na -mite

C Cm Bm7 E7

Hoo -ray and hal -la -lu -jah! You had it com -in' to ya.

A7 Am

Good -y Good -y for her Good -y Good -y for me

A7 D7 G

And I hope you're sat -is -fied you ras -cal you.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Ukulele Beatles Fun!



Para quem curte Beatles e gosta de tocar ukulele ou quer começar, está ai uma boa pedida. O site Ukulele Beatles Fun! disponibiliza 64 canções dos Beatles pra você acompanhar, exibindo a letra e as cifras da canção e você pode pausar pra decorar as cifras. Muito bom!

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Novos Songbooks Grátis



Navegando no mar da web, acabei entrando no site do Tauton Ukulele Strummers Club, e lá descobri que eles disponibilizam gratuitamente vários songbooks. Aproveitem para aumentar seu repertório.

Songbook 1
Songbook 2
Songbook 3
Songbook 4
Songbook 5
Songbook 6

Feliz 2010



Pessoal, quero agradecer a todos que fizeram nosso blog ser um grande sucesso e uma referência para o ukulele no Brasil. Foi uma grata surpresa, no mês de dezembro tivemos mais de 1200 visitas e mais de 2500 page views. Terminamos o ano na quarta posição dos melhores blogs do Top Ukulele Sites e estamos subindo no ranking do Top 50 Ukulele Sites, já estamos em 73º, isso tudo com apenas 2 meses de vida. O melhor de tudo isso é fizemos muitos amigos. Contamos com a colaboração de todos para que o ukulele seja um instrumento reconhecido no Brasil. Não deixem de participar do Ukulele Brasil Video Contest, esse sim será o ponto de partida crucial para termos realmente uma cena Uke, e lembrando que o grande vencedor leva um ukulele na faixa.
Mais uma vez obrigado a todos.